Atualidade

Estudo francês detecta 71 protetores solares para crianças com ‘substâncias nocivas’

- publicidade -

Um gesto indispensável para quem frequenta as praias ou até quando se sai de casa em dias de grande calor, é espalhar um pouco de protector solar no corpo e esse gesto é ainda mais importante quando se tratam de crianças.

Nesse caso, os pais procuram sempre pelo melhor e que, à partida, oferece mais proteção, mas nem sempre as marcas mais conhecidas podem garantir qualidade total.

Foi esse o sentido de um estudo realizado pela WECF França e a Associação Agir pour l’Environnement sobre protectores solares para crianças, que detectaram que muitos destes produtos existentes no mercado europeu, incluindo o português, contêm substâncias químicas potencialmente nocivas para as crianças, que podem afetar o sistema hormonal, o metabolismo, o crescimento e causar problemas de fertilidade ou alergias.

O estudo identifica «29 ingredientes a ter em atenção» em 71 protetores solares para crianças, analisados num laboratório francês e das conclusões sobressai que nove destes produtos contêm uma mistura de mais de 10 ingredientes preocupantes; e que três contêm nanopartículas que não estão identificadas no rótulo, não respeitando a regulamentação europeia.

Os protetores solares em causa são de marcas tão distintas como a Avéne, Anthelios, Bioderma, Corine de Farme, Eucerin, Garnier, Mustela, Nivea, Uriage ou Vichy, entre outros, e custam entre 8 e 30 euros.

O objetivo das ONG francesas é pressionar as autoridades europeias a reavaliar o risco-benefício destes produtos, face aos seus efeitos adversos e reforçar a fiscalização para que os fabricantes e os retalhistas cumpram com as regras de rotulagem.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui