Atualidade

Estivadores voltam à greve nos portos de Lisboa e (parcial) em Setúbal

publicidade

O Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística (SEAL) marcou nova greve à prestação de trabalho no Porto de Lisboa e de Setúbal, de 10 de Agosto até 14 de Setembro.

Este pré-aviso abrange todos os trabalhadores que exercem atividade profissional nestes portos, trabalhadores efectivos e aqueles que possuam vínculo contratual de trabalho temporário, mas cujas entidades empregadoras ou utilizadoras tenham actividade nos dois portos, e tem efeito a partir das 8h00 do dia 10 de agosto até às 8h00 do dia 14 de setembro.

No documento, a que o Diário do Distrito teve acesso, o Sindicato indica que haverá diferenças sobre a aplicação da greve, sendo que no porto de Lisboa esta incidirá «na abstenção da prestação de trabalho em todas as empresas de estiva, em todas as operações realizadas, seja qual for o período de trabalho, normal ou suplementar, para a execução das quais as entidades empregadoras ou utilizadoras de mão-de-obra portuária contratem ou coloquem trabalhadores estranhos à profissão e que não integrassem o contingente efectivo e eventual à data de 4 de Fevereiro de 2020».

Já no porto de Setúbal, a paralisação «restringir-se-à aos navios que tenham sido desviados do porto de Lisboa durante o contexto da greve», não incluindo nesses os navios que tenham sido operados desde o início da greve (4 de Fevereiro) naquele porto.

Em causa, segundo o Sindicato, está o «comportamento do Grupo Yilport e do seu administrador Diogo Vaz Marecos, os quais têm tido condutas deploráveis para com os trabalhadores portuários do porto de Lisboa, fazendo tábua rasa de todo o tipo de acordos».

O SEAL acusa ainda que «neste momento todos os grupos de operadores portuários no porto de Lisboa estão a trabalhar em flagrante violação do direito à greve, socorrendo-se de terceiras empresas para a colocação de trabalhadores a prestar trabalho abrangido pelos pré-avisos de greve».

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui