Sociedade

Esta noite tem duas oportunidades de ver algo especial no céu

publicidade

Esta noite de sábado, 5 de julho, olhe para o céu e testemunhe um espetáculo único, que ocorre apenas uma vez por ano, a Buck Moon, a lua cheia que, em parceria com dois planetas, promove um visual inspirador.

A origem do nome vem dos índios americanos que assim a baptizaram por ser a primeira lua cheia do Verão no Hemisfério Norte e também a época em que nascem os chifres nos veados.

Com Júpiter e Saturno de cada lado, a lua ficará como que num triângulo, enfeitada com chifres, um espectáculo que pode ser visto a olho nu, mas se tiver um telescópio ou mesmo um binóculo bem assestado poderá ver Ganimedes, Europa e Calisto, as quatro luas de Galileu, satélites de Júpiter descobertos pelo cientista há 410 anos.

E como se isso não fosse suficiente, podemos ver também na madrugada deste domingo, um eclipse lunar penumbral, resultando do alinhamento do Sol, da Terra e da Lua.

Em Portugal continental, o fenómeno astronómico terá a duração de uma hora e 26 minutos, iniciando-se às 04h04 de sábado, numa altura em que a lua ainda estará baixa no horizonte, e terminando pelas 6h56.

A essa hora já não será possível observar a lua a sair da penumbra, porque o sol estará a nascer. Mas o ponto alto ocorrerá antes, pelas 05h30.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios. Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site