Parceiros
AtualidadePorto

Escultura do Deus Baco é vandalizada no Porto

- publicidade -

O busto do Deus Baco, exposto no Jardim de Teófilo Braga, na Praça da República, foi encontrado vandalizado e derrubado no chão, ainda que tenha ficado “sem grandes danos”.


Numa nota publicada na sua página da Internet, a Câmara do Porto afirma que o busto, da autoria de António Teixeira Lopes, de 1916, estava “derrubado no chão, contudo, em bom estado e sem grandes danos”.


A estátua do Deus romano, protetor das orgias, das vinhas e do vinho, encontra-se neste momento à guarda dos serviços municipais para ser “objeto de tratamento, limpeza e conservação”, estando, posteriormente, previsto o seu regresso à Praça da República.


A Câmara Municipal do Porto “apela ao respeito pelo património da cidade, independentemente do juízo de valor que cada um possa fazer do contexto histórico ou artístico do mesmo”.


À agência Lusa, a autarquia disse não ter apresentado queixa junto das autoridades, uma vez que o busto “não está danificado” e “não há evidencia material do que poderá ter acontecido”.


A Câmara do Porto diz, contudo, estar “atenta” e “preocupada” com este tipo de atos.


Além da escultura de Baco, no Jardim de Teófilo Braga estão expostas mais duas esculturas, a do Padre Américo, da autoria de Henrique Moreira, e a da República, de Bruno Marques.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário