Barreiro

Escola do Barreiro reverte dinheiro de palestra para associação LGBTI

De acordo com a edição online da revista VISÃO, a palestra está a gerar polémica devido ao facto de dois professores da disciplina de Cidadania terem pedido aos alunos 0,50€ pela inscrição e reverter, depois, esta quantia para a associação LGBTI (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgéneros e Intersexo).

Ainda segundo a VISÃO, a palestra que decorreu ontem, 7 de março, tinha como objetivo “promover a igualdade de géneros” e “sensibilizar os alunos para as diferentes orientações sexuais”.

No final do documento, os encarregados de educação autorizavam a participação das crianças e eram informados que os 50 cêntimos reverteriam para a associação LGBTI, sendo os responsáveis acusados de “financiamento encapotado a uma instituição”.

A diretora do agrupamento de escolas, Arlete Cruz, diz que o pedido de dinheiro deveu-se “aos custos de deslocação” dos dois oradores convidados e que “o barulho que está a ser feito nas redes sociais” não teve origem nos pais dos alunos da escola.

A diretora apontou o dedo ao deputado Bruno Vitorino, do PSD, que denunciou a situação no Facebook. Para Arlete Cruz, o deputado estará a “fazer ataques políticos”.

“Sensibilizar alunos de 11 anos sobre “diferentes orientações sexuais”? Com associações LBGTI à mistura?? Que porcaria é esta? Cada um pode ser o que quiser, mas DEIXEM as CRIANÇAS ser CRIANÇAS. DEIXEM AS CRIANÇAS EM PAZ! Adultos a avançar sobre este campo junto de crianças é perverso. Isto tem que parar!”, escreveu o deputado naquela rede social.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.