DestaqueDistritoJustiçaLisboa
Em Destaque

“Eram disparos de 10 em 10 minutos” – relato de um vizinho da Herdade da Torre Bela

Vizinhos da Herdade da Torre Bela dizem que a "morte saiu à rua" no fim de semana passado.

- publicidade -

Nos últimos dias vão surgindo vários relatos de vizinhos que confrontam com a Herdade da Torre Bela, na Azambuja, onde afirmam ter ouvido disparos de 10 em 10 minutos dentro daquela propriedade que está murada em toda a volta dos 6 hectares que constituem uma das mais importantes reservas de caça.

Os proprietários da propriedade viram ser retiradas as licenças de caça e suspensa a licença para a instalação de uma central fotovoltaica que iria ser instalada naquela propriedade. Os relatos são muitos de vizinhos que dizem que desconfiam que os animais foram encurralados numa zona da propriedade e depois como um tipo de pelotão de fuzilamento, foram acabando por morrer às mãos de caçadores na sua maioria espanhóis e que pagaram 3.000 euros cada para que conseguissem caçar cerca de 500 veados e javalis.

A cada 10 minutos ouvia-se tiros, os meus filhos até me questionaram do que se tratava, a resposta foi ‘a morte saiu à rua’, depois do almoço as coisas foram abrandando até não se ouvir um único disparo”, é um dos relatos de um dos moradores de perto da Herdade da Torre Bela.

As autoridades estão no terreno a recolher prova para avançar para o Ministério Público.

Reveja o debate com os candidatos à CM Alcochete

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo