AtualidadeSesimbra

Engenho de sinalização inactivado por mergulhadores Sapadores da Marinha em Sesimbra

- publicidade -

Na tarde desta segunda-feira, a equipa de prontidão de inativação de engenhos explosivos da Marinha, do Destacamento de Mergulhadores Sapadores Nº 1 (DMS1), foi ativada na sequência da deteção, um possível engenho encontrado numa praia selvagem em Sesimbra.

​​​O alarme chegou à Capitania do Porto de Setúbal, que solicitou o apoio do DMS1, unidade de inativação de engenhos explosivos da Marinha.

Após a chegada ao local, a equipa do DMS1 realizou a identificação e neutralização, de um ‘Marine Marker’, um engenho fumígeno utilizado em ambiente marítimo para sinalização de posições ou áreas de interesse.

Esta ação foi apoiada por uma embarcação da Polícia Marítima de Sesimbra, em virtude do local ser inacessível por terra.

Devido à confluência de diversas rotas marítimas e aéreas, este tipo de engenho é encontrado com alguma frequência na costa portuguesa e requer precauções no seu manuseamento, podendo ser extremamente perigoso, uma vez que a sua composição contém fósforo que, na presença de oxigénio, deflagra (inicia combustão a alta temperatura), podendo causar queimaduras graves se em contato com a pele.

Ainda que aparente um estado estável e seguro, estes tipos de engenhos poderão encontrar-se acionados, totalmente funcionais contendo ainda parte da sua carga.

Aquando da sua deteção, estes engenhos não devem ser manuseados e/ou removidos, devendo informar-se de imediato as autoridades ou utilizar o número nacional de emergência 112.​

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo