AtualidadeInternacionalJustiça

Emigrante português ajudou ‘mendigos’ e foi assassinado na África do Sul

- publicidade -

Um emigrante português foi assassinado na sua residência em Little Falls, Roodepoort, na África do Sul.

Luís Pereira, 83 anos, terá aberto a porta a duas pessoas que pediam comida, e quando lhes entregava os bens, foi espancado até à morte, e a esposa conseguiu fugir para o jardim, onde viria a ser encontrada inanimada e está internada numa Unidade de Cuidados Intensivos de um hospital local, no Oeste Rand, a aproximadamente 24,2 km de Joanesburgo.

O caso foi contado ao correspondente do Jornal da Madeira, pelo neto da vítima, Kim Pereira Dodd, que explicou que os avós viviam sozinhos e que o homicídio teve ‘requintes de malvadez’.

Os vizinhos, ouvindo distúrbios e o estilhaçar de vidros, alertaram as forças de segurança, que à chegada já nada puderam fazer para salvar a vida a Luís Pereira, que jazia no chão.

Um dos assassinos foi detido pela polícia sul-africana mas o segundo continua a monte, com a Policia de Honeydew a garantir que está a envidar todos os esforços para deter o homicída, e a solicitar também o apoio à comunidade local.

Segundo a comunicação social local, a comunidade de Little Falss está chocada com o crime ocorrido na segunda-feira, 3 de Agosto.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui