Em licença de saída jurisdicional decidiu ser empreendedor no mercado de estupefacientes

Recluso que cumpria pena no Estabelecimento Prisional de Castelo Branco aproveitou saída provisória para cometer crime.

publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

As investigações conduziram à detenção do suspeito em flagrante delito, confirmando-se que transportava no interior do seu organismo estupefacientes que tinham como destino o E.P. de Castelo Branco sendo posteriormente vendidos a um preço muito mais elevado do que o que é praticado “externamente”.

O homem de 35 anos, foi presente a primeiro interrogatório judicial encontrando-se no momento a cumprir pena de prisão pelo crime de tráfico de estupefacientes. |JR

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome