Parceiros
DestaquePolítica

Eleitos do Chega na Moita ‘viram costas’ à direção nacional com desfiliação do Partido

- publicidade -

A informação foi partilhada esta manhã através das redes sociais por Ivo Pedaço, vereador eleito pelo Chega na Moita e dá conta que os elementos do Núcleo Concelhio «se encontram desfiliados do Partido desde o dia 11 de Março».

O comunicado indica ainda que os autarcas «vão continuar em funções como independentes «e livres para assumir o compromisso, para com a população que neles confiou e elegeu nas autárquicas de 2021».

Este é o terceiro concelho no distrito de Setúbal onde os eleitos do Chega entraram em litigância com a direção do partido e se desfiliaram, depois dos vereadores de Sesimbra e do Seixal.

Entre as razões invocadas para a desfiliação, o comunicado aponta «a gestão de expectativas. Acreditámos que pertencíamos a um partido onde teríamos espaço para o debate de ideias e para sermos a voz da população local e o garante que iriamos defender os interesses locais contra os interesses económicos e do carreirismo político, não compatíveis com a doutrina partidária apregoada pelo Chega».

Elencam depois quatro pontos que levaram à decisão dos eleitos, que vão desde «a tentativa de influência do voto favorável do vereador perante interesses pessoais e financeiros de um membro da distrital de Setúbal e um investidor por ele apresentado» à falta de resposta «sobre a presença de eleitos do Chega na celebração do Dia da Tauromaquia na Moita, para depois estarem presentes vários deputados eleitos pelo Chega que optaram por ignorar o único vereador eleito do distrito e ignorar as estruturas locais do Partido».

Outra acusação é feita ao «cabeça de lista por Setúbal e agora deputado eleito, que numa visita à Moita afirmou que o Chega iria defender a opção da Ota para o novo aeroporto, o que para nós foi um choque ver que o futuro deputado não defendia uma solução para  o distrito mas a solução que foi afastada por vários estudos à vários anos e que só vai favorecer os interesses imobiliários nos concelhos a norte do Tejo».


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário