JustiçaSeixal

Dupla atraiu mulheres à estação de Foros de Amora para as roubar

publicidade

O Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial um suspeito da prática de crimes de roubo, detenção de arma proibida e tráfico de estupefacientes, após a sua detenção pelas autoridades.

«De acordo com os fortes indícios recolhidos, o arguido, mediante a promessa de venda de um telemóvel, atraiu duas ofendidas à zona da estação de Foros de Amora. 

Em conjugação de esforços com outro suspeito que ameaçou as vítimas com uma arma de fogo, retirou às duas mulheres 1.150 euros em  dinheiro e uma pulseira de ouro no valor de 150 euros» refere a nota do Ministério Público.

Em setembro, na sequência de uma busca à residência do arguido, foram aí encontrados vários pedaços de haxixe bem outros produtos destinados a repartir e acondicionar produto estupefaciente e foi ainda encontrada uma caçadeira para a qual o arguido não dispunha de licença.

Após interrogatório, o juiz de Instrução Criminal decidiu aplicar ao arguido as medidas de coação de obrigação de apresentações diárias no posto policial e proibição de contactos para além das obrigações decorrentes do termo de identidade e residência.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do DIAP da Comarca de Lisboa (1ª secção do Seixal).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui