AtualidadeCrime

Doze detidos na operação ‘Embargo Final’ que abrangeu a Câmara de Loures

- publicidade -

Durante esta manhã a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária levou a cabo a operação ‘Embargo Final’, no âmbito da qual foram realizadas 18 buscas domiciliárias e 32 buscas não domiciliárias, nas quais participaram 84 efetivos da Polícia Judiciária, incluindo à Câmara Municipal de Loures, gerida por Bernardino Soares (CDU).

Esta operação culminou na detenção de 12 pessoas com idades compreendidas entre os 44 e os 64 anos, por suspeitas da prática de crimes de corrupção passiva e de corrupção ativa.

Segundo a nota publicada no site da Polícia Judiciária, a operação ocorreu no âmbito de inquérito dirigido pelo Ministério Público (DIAP de Loures), e «na investigação em curso foram já recolhidos importantes elementos de prova que indiciam fortemente a existência de contrapartidas monetárias, para o não exercício das funções profissionais que estavam atribuídas aos detidos».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui