Donald Trump, o pai de todos os palhaços

Mais um espatafúrdios do Quotidiano.

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: 2 minutos

Não seria realmente necessário que o aparecimento do Covid-19 viesse comprovar aquilo que todos já sabíamos — menos todos aqueles energúmenos que votaram nele. Já todos sabíamos que Donald Trump é uma besta no verdadeiro sentido da palavra.

Mas foi graças ao aparecimento do Covid-19 que se veio confirmar de uma vez por todas qual é a verdadeira vocação do actual Presidente dos Estados Unidos: ser palhaço.

Ou, melhor, ser o pai de todos os palhaços.

O que, convenhamos, até que não é mau de todo, visto que não se pode ir ao circo por causa do Coronavírus, mas sempre temos um palhacito para entreter as criancinhas que estão em casa de quarentena. Se bem que, verdade seja dita, os petizes querem lá saber do Trump, acabando por serem os adultos o “público-alvo” deste rei dos palhaços. E quão divertido tem sido, certo, adultos?

No meio de tantas alarvidades que Trump tem proferido desde a chegada do vírus aos Estados Unidos, eis que conseguiu surpreender uma vez mais, afirmando que “os desinfectantes conseguem eliminar o vírus num minuto, por isso, por que não usar isso, injectando de alguma forma no corpo de um infectado, eliminando assim o vírus” e “por que não usar uma luz ultravioleta, ou uma luz muito forte, para eliminar o vírus”.

Sim, Donald Trump disse, de facto, isto. E isto demonstra aquilo que disse anteriormente: efectivamente, a vocação de Donald Trump está virada para as actividades circenses. Aliás, os assessores de Trump estão a falhar em grande escala.

Todas as conferências de impressa que o pai de todos os palhaços dá, deviam ter uma intro com alguém a proferir com um megafone: “Senhores e senhoras, meninos e meninas, canitos e gatinhas, mosquitos e mosquinhas, batam palmas para Trump, o pai de todos os palhaços! Muito bem! Agora recostem-se e comtemplem o excelente número de estapafúrdias acrobacias de palavras que o pai de todos os palhaços, Trump, tem para apresentar!”.

Claro que, após as polémicas palavras de Trump, o mundo apressou-se a gozar literalmente com ele. Algo que fez irritar profundamente o pai de todos os palhaços. Trump veio, dias depois, afirmar que as declarações não passavam apenas de puro e duro sarcasmo.

E que, lamentavelmente, as conferências de imprensa na Casa Branca sobre o Covid-19 não valiam o tempo e esforço despendido, o que o levou à decisão de não fazer mais parte delas. Ou seja, Trump fez, uma vez mais, bosta. Tentou remediar a enorme quantidade de fezes que largou, mas não foi bem-sucedido.

Então, tal e qual uma criança mimada que tenta pedir desculpa depois de fazer uma avaria qualquer, mas ninguém a desculpa e continuam a gozar com ela, faz birra e tem a atitude mais infantil: faz beicinho, vira costas e vai embora. Trump pode ser um bom palhaço, mas para ser o pai de todos os palhaços, afinal, ainda tem um longo caminho a percorrer.

Está na hora de o Batatinha e o Companhia lhe darem umas aulinhas. Enfim, não é agradável… mas é o que temos…

publicidade

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente ele é o presidente do país mais importante do mundo…O mundo está louco…querem prova disso?…como foi possível elegerem idiotas e ignorantes como este e o Bolsonaro?

    • Pois é, Carlos… Infelizmente, parece que o mundo está a regredir ao invés de progredir… Há que manter a esperança de que as novas gerações não tenham este tipo de mentalidade quando chegar a vez deles…

      Obrigado pelo comentário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome