Economia

Dona da Sagres vai eliminar 8 mil empregos, cerca de 10% dos trabalhadores, para responder à crise

- publicidade -


A Heineken, dona da Sagres, segundo o “Jornal de Negócios” vai avançar com um plano de corte de custos que visa a eliminação de 8 mil empregos, com o intuito de poupar 2 mil milhões de euros até ao final de 2023.

A redução de cerca de 10% da sua força de trabalho inicia já neste primeiro trimestre, com a supressão de um quinto dos postos de trabalho da sede da empresa em Amesterdão, informa a com a Bloomberg, com citações do CEO da Heineken,

tarot terapêutico

“Do lado da produtividade, temos de fazer mais do que uma intervenção e tal não deverá terminar em 2023”, adiantou o CEO Dolf van den Brink.

A empresa, confirma os impactos da pandemia, uma vez que cerca de dois terços dos bares que são fornecidos pela Heineken estiveram encerrados em 2020. O que levou a uma queda da receita de 11,9%, acima do estimado pelos analistas de 10,9%.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui