BejaJustiça

Dois caçadores detidos por posse de armas proibidas e crimes contra a natureza

O Comando Territorial de Beja informa em comunicado que, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Beja, no dia 13 de agosto deteve dois homens de 25 e 34 anos, por posse de armas proibidas e por crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas, no concelho de Beja.

Na sequência de uma investigação, os militares da Guarda abordaram um veículo suspeito, tendo os seus ocupantes demonstrado um comportamento nervoso.


No decurso das diligências policiais, os militares da Guarda efetuaram uma busca ao veículo e uma revista de segurança aos suspeitos, resultando na apreensão do seguinte material: 1 carabina, equipada com mira telescópica de visão térmica e silenciador; 4 carregadores de diversos calibres; 170 munições de diversos calibres; 48 cápsulas deflagradas, de calibre 243; 26 selos de caça; 7 facas; 1 punhal; 1 dispositivo explosivo, vulgo petardo; 1 silenciador para carabina; 1 monóculo, com visão térmica; 1 serra elétrica; 1 câmara de filmar, de caça; 1 rádio portátil; 1 lanterna; 1 chamariz de aves.

Foram ainda apreendidos 2 javalis e 1 veado, assim como a viatura automóvel.

Os detidos foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Beja.

Esta ação policial contou com a presença do serviço veterinário municipal de Beja.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.