Rubrica

Ditadores de Palmo e Meio

- publicidade -

Como terapeuta familiar, recebo diversos pedidos de consulta relacionados com o comportamento de crianças pequenas. Os pais chegam exaustos e tristes, com um sentimento, por vezes, avassalador de incompetência, de quem, com a melhor das intenções perdeu o controlo.

Conheço então estes ditadores de palmo e meio, investidos de imenso amor, e de um desejo de reparação dos traumas pendentes da infância dos próprios pais, que se projetam nestes filhos, como uma extensão sua, e se perdem no caminho.

Crianças seguras precisam de pais seguros. Que educam com amor e limites. Que exercem, com assertividade e coerência, uma parentalidade responsável e não se escondem no conceito de “melhor amigo” dos seus filhos.

Uma criança de 3 anos que agride os pais, pede desesperadamente para ser contida e organizada pelas suas figuras de vinculação. Infelizmente, muitas vezes, estes comportamentos, pelo embaraço que provocam, originam risos que apenas as confundem e reforçam a sua desorganização.

Um adulto descontrolado, nas suas emoções e comportamento, que usa a punição física como forma de educar, potencia o sofrimento destas crianças e aumenta a sua agressividade.

Defendo que a psicoterapia devia ser parte integrante da preparação para a parentalidade, só conhecendo os filhos que fomos poderemos ser pais mais competentes, que não procuram a reparação da sua história nos filhos. Pais felizes são pais que se conhecem e que não têm medo de tomar decisões, por vezes difíceis, mas fundamentais para o equilíbrio emocional das crianças.

Não se esconda! Conjugue a sua parentalidade com os verbos amar, educar, cuidar, empoderar e confiar!

As crianças precisam de regras e limites, necessitam aprender sobre frustração, resiliência e contrariedade. Não as poupe da vida! Segure sim, o fio invisível que as conduzirá a voar, sonhar e realizar. Que lhes permitirá abraçar o agridoce da vida e provar a panóplia de cores que esta lhes oferece.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo