Direito de Resposta – Artigo de Opinião – ‘Noite no Castelo em Sesimbra’

A advogada Manuela Campino enviou ao Diário do Distrito, no dia 31 de Julho de 2019, um direito de resposta, em representação da sociedade Associação P’rá Frente Sesimbra, acerca do artigo ‘Noite no Castelo de Sesimbra’ assinado por Samuel Marques.

0
70
Tempo de Leitura: 2 minutos

No passado dia 1 de Julho de 2019, tivemos a honra do jornalista Samuel Marques publicar no Jornal Diário do Distrito, uma notícia online, sobre evento por promovido pela marca We Event, intitulado ‘Noite no Castelo em Sesimbra’, no passado dia 29 de Junho de 2019.

Desde já agradecemos todos os elogios e quanto aos aspectos menos positivos da festa, tomaremos em devida nota para futuras edições do nosso evento.

No entanto, sentimos a necessidade de promover a presente resposta para que os leitores fiquem devida e correctamente informados, preservando, de igual modo, a nossa reputação e boa fama, dado que, da leitura do referido artigo jornalístico, deparámo-nos com algumas inverdades, que merecem ser retificadas, para que se mantenha ao mais alto nível o serviço a favor do consumidor, seja através do rigor da informação jornalística, como também, da qualidade dos nossos serviços e dos nossos clientes, a saber:

  1. Em momento algum anunciamos o evento para as 22.00 Horas. O evento estava anunciado das 23.00 Horas às 6.00 Horas, conforme imagem da divulgação na página oficial do evento, no Facebook, em anexo (Doc.1).
  2. O estacionamento dentro das muralhas estava vedado a todos os clientes. Sendo, portanto o estacionamento no interior das muralhas indevido.
  3. O evento arrancou exactamente à hora prevista, de acordo com o anunciado pela promotora do evento.
  4. Para além das bebidas referenciadas no artigo, existiam ainda as seguintes: Rum Havana, Tequilla corrente e premium, Amendoa Amarga, Licor Beiráo, Moscatel, Vodka Absolut, 5 variedades de Gin Premium com serviço “Perfect Serve”, Cocktails variados e tínhamos efectivamente uma acção de marketing do Gin Tanqueray e não Tankeway, como erradamente foi referido no artigo de opinião.
  5. O local “Vip” foi efectivamente ocupado pelo nosso patrocinador principal (“main sponsor”) e por mais 22 pessoas (vinte e duas) pessoas, conforme se pode visualizar na foto em anexo (Doc.2).
  6. Os alinhamentos musicais foram realizados por dois profissionais com mais de 30 anos de actividades cada um e cujas carreiras profissionais têm sido devidamente reconhecidas pelo público que adere, anualmente, ao evento e que se reflecte no ambiente da festa.
  7. Relativamente à afirmação de “não existência de livro de reclamações”, nenhum facto foi relatado para justificar essa afirmação e a qual não corresponde à verdade dos factos.

Por fim, resta-nos agradecer, uma vez mais, a vossa presença, desejando que, na próxima edição do evento, regressem com novo artigo de opinião.

Leia o artigo “Noite no Castelo em Sesimbra, da autoria do colaborador Samuel Marques, publicada a 1 de Julho de 2019.

A direcção do Diário do Distrito apresenta nesta nota as seguintes rectificações ao texto enviado, ao abrigo do do art. 26.º|6 LI: Samuel Marques é colaborador do jornal e não «jornalista»; trata-se de um artigo de opinião e não de um «artigo jornalístico».

Relativamente aos anexos enviados, entende a Direcção do Diário do Distrito que, ao abrigo do art. 25.º|3 LI que refere que «a sua admissibilidade é aferida em cada caso em particular», que neste caso não se afiguram dentro da temática do texto de resposta, porque não foram utilizadas imagens referentes a esses documentos por parte do autor do artigo de opinião.

A Direção

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome