Parceiros
MundoPolítica

Dinamarca vai enviar soldados para a NATO, para prevenção e reforço

- publicidade -

A Dinamarca anunciou que vai colocar à disposição da NATO, um batalhão de 800 soldados, para um eventual reforço nos países bálticos, tendo em conta a guerra e o caos que está instalado na Ucrânia.

O país já enviou cerca de 200 soldados, e aviões de combate para a Estónia e Lituânia, assim como uma fragata para o Mar Báltico.

Segundo o chefe do Governo local, a NATO deve agora formalizar o pedido de envio de tropas para o local, batalhão que aliás estava já em sentido, caso houvesse necessidade de algum tipo de avanço.

Esta é uma informação que surge depois do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky ter discursado no Parlamento dinamarquês, a quem se dirigiu e agradeceu a ajuda de Copenhaga.

Recordar que a Dinamarca tinha revelado no início de março, a intenção de aderir por à política de defesa da União Europeia, da qual estava afastada há três décadas.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário