AtualidadeMundoReligiãoSociedade

Diálogo, educação e trabalho: as ideias-chave do Papa para o Dia Mundial da Paz

O Vaticano divulgou esta terça-feira a Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz, que se celebra no dia 1 de janeiro de 2022, começa por lamentar que “infelizmente”, ainda hoje o caminho da paz permanece o abandono “da vida real de tantos homens e mulheres e consequentemente da família humana”.

O líder da Igreja Católica denuncia o aumento “do ruído ensurdecedor de guerras e conflitos, ao mesmo tempo que ganham espaço doenças de proporções pandémicas, pioram os efeitos das alterações climáticas e da degradação ambiental, agrava-se o drama da fome e da sede”


O Papa propõe três caminhos para que o mundo cosntrua uma paz duradoura:

  • “O diálogo entre as gerações, como base para a realização de projetos compartilhados;
  • A educação, como fator de liberdade, responsabilidade e desenvolvimento;
  • E, por fim, o trabalho, para uma plena realização da dignidade humana”.

Francisco afirma ainda que o impacto da crise na economia é“particularmente devastador” para os migrantes.

“Muitos deles – como se não existissem – não são reconhecidos pelas leis nacionais; vivem em condições muito precárias para eles mesmos e suas famílias, expostos a várias formas de escravidão e desprovidos dum sistema de previdência que os proteja”, lamenta o Pontífice.

O Papa agradece ainda a “quantos se empenharam e continuam a dedicar-se, com generosidade e responsabilidade, para garantir a instrução, a segurança e tutela dos direitos, fornecer os cuidados médicos, facilitar o encontro entre familiares e doentes, garantir apoio económico às pessoas necessitadas ou desempregadas”.

Por fim, Francisco faz um apelo aos governantes “e a quantos têm responsabilidades políticas e sociais, aos pastores e aos animadores das comunidades eclesiais, bem como a todos os homens e mulheres de boa vontade” para caminharem juntos, por “estas três estradas: o diálogo entre as gerações, a educação e o trabalho”.

O Dia Mundial da Paz, inicialmente chamado simplesmente de Dia da Paz, é comemorado anualmente a 1 de janeiro, tendo sido criado pelo Papa Paulo VI em 1967.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.