DGS publicou manual de segurança para creches e escolas

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou o manual «Saúde e Atividades Diárias», no qual são apresentadas as medidas de prevenção e controlo da COVID-19 em estabelecimentos de ensino

0
DR - CM Moita
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou o manual «Saúde e Atividades Diárias», no qual são apresentadas as medidas de prevenção e controlo da COVID-19 em estabelecimentos de ensino, nomeadamente no regresso às aulas presenciais do 11.º e do 12.º ano e nas creches e amas.

De acordo com o manual, os alunos devem ser organizados em grupos, que devem ter, na medida do possível, horários de aulas, intervalos e refeições organizados de forma a evitar o contacto com os restantes grupos.

Para evitar um maior cruzamento de pessoas, devem ser definidos circuitos de entrada e saída de aula para cada grupo e cada sala deve ser, sempre que possível, utilizada pelo mesmo grupo de alunos.

Os espaços que não são necessários à atividade letiva devem ser encerrados.

Dentro da sala de  aula,  «é  importante  garantir  a  maximização  do  espaçamento  entre  alunos  e alunos/docentes, mantendo a distância mínima de 1,5 a 2 metros, e virar as secretárias todas para o mesmo lado» refere o manual.

A  comunidade  escolar  deve  também  cumprir  as  medidas  de  distanciamento,  higiene pessoal   e   ambiental,   bem   como   usar   máscara   durante   toda   a   atividade   letiva. Adicionalmente, é recomendada a higienização das mãos à entrada e saída do recinto e que sejam mantidas abertas as portas de acesso.

O  manual  apresenta  também  os  procedimentos  a  adotar  em  creches  e  amas  para diminuir  o  risco  de  transmissão  do  novo  coronavírus,  entre  as  quais  se  destacam  a maximização  do  espaçamento  entre  crianças,  incluindo  no  período  de  refeições,  a organização das crianças e educadores em salas fixas e a entrega das crianças à porta da instituição.

Na sala de atividades, cada criança deve usar sempre o mesmo berço ou espreguiçadeira e, quando se sentam ou circulam no chão, devem deixar o calçado à entrada, podendo ser pedido aos encarregados de educação que levem um par de calçado extra.

Os responsáveis devem também evitar que as crianças partilhem objetos pessoais e lavar os objetos e brinquedos pelo menos duas a três vezes por dia.

Este  volume  do  manual  apresenta  também  os  cuidados  a  adotar  no  refeitório  e  no transporte das crianças para as creche

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome