AlmadaDestaqueDistrito SetúbalJustiçaSeixal
Em Destaque

Dez roubos na margem sul com pistola alugada a 30€/dia

Uma vaga de assaltos que ocorreram na margem sul do Tejo por um trio de ladrões, lançou o pânico em toda a região. Os ladrões usaram uma pistola que alugaram por 30€/dia.

- publicidade -

O pânico gerado por um gang de três ladrões, um deles com 17 anos, lançou o alerta em toda a margem sul do Tejo. Os ladrões atacaram nove farmácias e um estabelecimento de diversão noturna, na zona de Almada e Seixal.

Ao todo furtaram mais de 20 mil euros, nos assaltos concretizados. A vaga de roubos ocorreu entre o fim de dezembro de 2019 e 27 de fevereiro deste ano. O trio foi espalhando o terror, os assaltos que realizaram eram de grande violência, agredindo e ameaçando de morte os comerciantes e clientes. As vítimas eram fechadas dentro de salas e caves.

O trio usava uma arma que alugou a 30 euros/dia, pistola que utilizava nos assaltos que realizavam.

Segundo o Correio da Manhã, houve assaltos em que a tensão se levantou e os ladrões usaram a força excessiva para concretizar o assalto, como o caso de uma farmacêutica que ao ver os assaltantes começou a gritar, foi levada para um gabinete e ameaçada de morte. A vítima foi agarrada pelo pescoço e atirada para o chão.

A PJ de Setúbal conseguiu ‘caçar’ o trio de assaltantes que estão agora acusados de vários assaltos e com violência às vítimas. Wilson de 20 anos e os cúmplices João Filipe, de 22 anos, e João Frederico, de 17, realizaram entre dezembro e fevereiro, cerca de 10 assaltos, alguns com extrema violência.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui