Uncategorized

Dez anos de prisão por tentativa de homicídio em Alhos Vedros

- publicidade -

O Juízo Central Criminal de Almada condenou um arguido na pena de 10 anos de prisão pela prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Os factos tiveram lugar em Alhos Vedros, Moita, na noite de 9 para 10 de julho de 2019, e segundo o acórdão a que o Diário do Distrito teve acesso, o tribunal deu como provado que o arguido, munido de uma navalha, desferiu vários golpes no corpo do ofendido, concretamente no olho esquerdo e na zona torácica.

A vítima acabou por cair inanimada no solo e o arguido deixo-o a sangrar e abandonou o local. «Com a referida conduta, pretendia o agora condenado causar a morte da vítima, o que só não aconteceu porque uma testemunha que, por acaso, passava no local prestou os primeiros socorros e ligou para a linha de emergência médica» refere o acórdão.

Para além da pena de prisão, o arguido foi ainda condenado a pagar quase 31 mil euros a dois hospitais pelos cuidados de saúde prestados à vítima.

A investigação foi dirigida pelo Ministério Público da Moita, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui