Detidos no protesto em Lisboa são presentes hoje a tribunal

Os quatro homens detidos durante um protesto em Lisboa contra a ação policial no bairro da Jamaica são hoje presentes a tribunal

0
149
DR
Tempo de Leitura: 1 minuto

Os quatro homens que foram detidos a 21 de Janeiro em Lisboa durante os confrontos entre polícia e populares que protestavam contra a intervenção policial no bairro do Vale de Chícharos, vulgo Jamaica, concelho do Seixal, vão hoje ser julgados em processo sumário.

Na altura o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa informava em comunicado que «os detidos, indiciados pela prática dos crimes de ofensas à integridade física qualificada, injúria agravada e desobediência qualificada, foram presentes ao Ministério Público, tendo sido notificados para audiência de julgamento no dia 7 de Fevereiro, pelas 09h30».

Desta ação contra a PSP, e em especial do arremesso de pedras, registaram-se cinco polícias feridos, variado equipamento policial danificado e um número ainda não determinado de viaturas civis danificadas, segundo o comunicado.

Os homens, com 23, 27, 28 e 31 anos, apresentam-se ao Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa, no Campus da Justiça, no Parque das Nações. Três deles têm antecedentes criminais e nenhum mora no bairro de Vale de Chícharos, sendo residentes nos concelhos do Seixal, de Loures, de Oeiras e de Sintra (Cacém), disse anteriormente à agência Lusa fonte policial.

O Ministério Público e a PSP anunciaram, entretanto, a abertura de inquéritos aos incidentes ocorridos a 20 de janeiro entre populares e elementos da PSP, naquele bairro de habitação precária.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome