AlmadaJustiça

Detido por reincidência de crime de violência doméstica obrigado a apresentações bissemanais

- publicidade -

Militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Almada, detiveram no dia 6 de julho, um homem, de 45 anos, no âmbito de um processo por violência doméstica, em Almada.

Na sequência da investigação pelo crime de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento, fazendo várias ameaças de morte à vítima, de 43 anos, chegando a dirigir-se à casa desta, situada na Trafaria, para agredi-la fisicamente.

O suspeito com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, cumpriu várias penas de prisão efetiva resultante de crimes de violência doméstica, entre 2004 e 2018, e encontrava-se atualmente, sujeito a vigilância eletrónica, medida essa que violou por diversas vezes.

Assim foi dado cumprimento a um mandado de detenção, que culminou na detenção do agressor.

O detido foi presente ontem, dia 7 de julho, ao Tribunal Judicial do Almada, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, proibição de contacto com a vítima, medida de afastamento de 500 metros da residência da vítima, e sujeição a tratamento para desintoxicação do consumo de bebidas alcoólicas e estupefacientes.

Esta ação contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui