AtualidadeCrimePaísPalmelaSintra

Detido por matar mulher e ferir enteada salta de carro da PJ em plena A2

Os inspectores e o detido vinha de uma diligência realizada no Alentejo

- publicidade -

Um homem que estava detido pela suspeita de ter esfaqueado a ex-mulher até à morte e ferir gravemente a enteada projectou-se ontem para fora do carro da Polícia Judiciária (PJ) em que era transportado, na A2, junto à saída para Palmela.

Segundo um comunicado da PJ, publicado esta quinta-feira, o homem foi interceptado na esquadra da PSP de Mem Martins, Sintra, mas, uma vez que trabalhava no Alentejo, a referida força policial transportou-o ao local para realizar as devidas diligências.

No regresso a Lisboa, o indivíduo “projectou-se para o exterior” do veículo, “acção que lhe provocou diversos ferimentos que motivaram o seu internamento hospitalar”, refere a PJ na nota.

Recorde-se que o suspeito cometeu o crime na madrugada desta quarta-feira, quando a mulher, de 34 anos, e a filha desta, de 14, foram surpreendidas pelo indivíduo, que entrou na habitação onde ambas residiam, em Mem Martins (Sintra) para, na posse de uma faca, desferir vários golpes contra a mulher, que no entanto não resistiu aos ferimentos, acabando por falecer.

Quanto à jovem de 14 anos, continua internada com vários ferimentos na cabeça, correndo risco de vida.

Os dois filhos em comum do casal, de 3 e 8 anos, também se encontravam dentro de casa e assistiram ao crime, mas não há informações sobre o seu estado de saúde.

O agressor e a vítima mortal estavam separados há alguns meses e, segundo PJ, “a relação entre o casal era problemática e já tinha motivado queixas por violência doméstica contra ele”.

Após o incidente, o homem pôs-se em fuga, mas foi detido pela PJ quando se encontrava a trabalhar, no Alentejo.

O suspeito vai agora ser presente ao primeiro interrogatório judicial para aplicação das respectivas medidas de coacção.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *