Braga

Detido homem que sequestrou, agrediu e violou mulher durante três dias

A Polícia Judiciária (PJ) deteve na passada sexta-feira um homem de 32 anos suspeito de agredir, sequestrar e roubar uma mulher em Braga, em Setembro do ano passado, sendo que as agressões ocorreram por “ciúmes doentios” por parte do indivíduo.

Via comunicado, a PJ conta esta segunda-feira que o homem sequestrou a vítima no fim-de-semana de 17 a 19 de Setembro, mantendo-a no quarto onde esta morava, no concelho de Braga.

As autoridades acusam o suspeito de estar “toldado por ciúmes doentios” e de ter uma “postura totalmente controladora dos movimentos e contactos da vítima”. As agressões documentadas pela PJ incluem insultos, agressões físicas, violação e que o homem “cortou o cabelo” e “manietou a vítima, mantendo-a amarrada à cama”.

“Antes de a abandonar à sua sorte, o arguido apoderou-se de diversos pertences da vítima, nomeadamente do seu telemóvel, cujas credenciais de acesso exigiu, praticando, com recurso ao mesmo, diversos crimes, como transferências bancárias para a sua conta, contração de crédito bancário em seu nome e publicações nas redes sociais da vítima”, acrescenta a PJ.

O alegado agressor ainda fugiu para Espanha e para a Alemanha, acabando por ser detido em Braga quando regressou a Portugal na semana passada. O homem foi formalmente acusado dos crimes de violência doméstica, violação, sequestro “e outros”, e o tribunal aplicou a medida de coacção de prisão preventiva.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *