AtualidadeBeja

Derrocada matou mineiro em Castro Verde

publicidade

Uma derrocada na mina de Neves-Corvo, Castro Verde, causou a morte de homem de 44 anos de idade, ao final da tarde desta sexta-feira, 25 de Setembro.

Tudo aconteceu cerca das 18h30 quando a vítima, natural de Ourique, seguia a pé, numa zona de trabalho e foi apanhada pelas pedras de uma derrocada, ficando soterrado.

«O corpo ficou debaixo de uma pedra enorme», adiantou ainda ao jornal Correio do Alentejo comandante dos Bombeiros de Castro Verde, Vítor Antunes.

O óbito foi declarado no local, sendo que no local estiveram o INEM e os Bombeiros de Castro Verde

O último acidente com vítimas mortais em Neves-Corvo remonta a 26 de junho de 2015, quando um homem de 27 anos, natural de Coimbra e trabalhador de uma empresa subcontratada pela Somincor, faleceu na sequência da queda de uma plataforma elevatória na lavaria do zinco.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui