DistritoPorto
Em Destaque

Deputado do BE desiste de candidatura a Gaia depois de ser acusado de violência doméstica

O deputado do BE, Luís Monteiro, decidiu esta quarta-feira não continuar com a candidatura à Câmara Municipal de Gaia, mas continuará como deputado. O jovem bloquista diz que a sua desistência é devido ao “efeito público das calúnias” que foram contra si.

- publicidade -

Luís Monteiro, deputado do Bloco de Esquerda, diz estar a ser alvo de uma perseguição por uma ex-namorada, o deputado é acusado de praticar violência doméstica e esta quarta-feira desistiu da sua candidatura à Câmara Municipal de Gaia.

No entanto, o jovem bloquista diz que vai manter-se em funções como deputado na Assembleia da República, a sua desistência foi justificada pelo facto de a notícia que surgiu estar associada “ao efeito público das calúnias” que foram lançadas contra si.

Em nota enviada aos media, o deputado diz: “Face ao efeito público das calúnias lançadas contra mim e após ponderação, solicitei à comissão coordenadora concelhia do Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia a minha substituição nas próximas eleições autárquicas”.

O deputado que está acusado de violência doméstica, diz estar inocente e que a vítima terá sido ele, nega ter agredido uma ex-namorada com quem manteve uma relação há alguns anos, a denuncia surgiu muito recentemente na rede social Twitter.

A denúncia foi assumida nas redes sociais e Catarina Alves diz mesmo: “Podem chamar-lhe Luís Monteiro, a mim chamam-me louca”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui