Atualidade

Depois da ‘Dora’ chega a depressão ‘Ernest’

- publicidade -

Após a passagem da depressão Dora, que colocou parte do país sob avisos, e dois distritos em aviso vermelho, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, lançou nova informação meteorológica para Portugal Continental.

Segundo o IPMA, a depressão Ernest terá efeitos entre o dia 7 e o dia 8 de Dezembro.

«No seguimento dos critérios de emissão estabelecidos para a nomeação de tempestades da época 2020-2021, foi atribuído pela AEMET (Serviço Meteorológico Espanhol) o nome Ernest à depressão que estava centrada em 48°N e 08°W no dia 7 de dezembro de 2020 às 08UTC» refere a nota enviada às redações.

Os efeitos desta depressão no território continental serão sentidos pelo aumento da intensidade do vento a partir da tarde de dia 7 de dezembro, prolongando-se até ao início da manhã de terça-feira, dia 8, com rajadas até 70 km/h no litoral a norte do Cabo Mondego e até 100 km/h nas terras altas com emissão de ‘aviso Amarelo de Rajada Máxima’.

Prevê-se também um aumento da agitação marítima, na costa ocidental, com ondas de noroeste e altura significativa de 4 a 5 metros a norte do Cabo R aso, com emissão de ‘aviso Amarelo de Agitação Marítima’ que termina ao final da tarde de dia 8.

Outra previsão é da ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros, mais frequentes no Norte e Centro, que serão na forma de neve nas cotas acima de 1400/1600 metros e descendo gradualmente para 1000/1200 metros, com emissão de ‘aviso Amarelo de Neve’ para a Serra da Estrela e para os distritos mais a norte de Portugal Continental nos dias 7 e 8.

Devido ainda ao transporte de uma massa de ar frio na circulação conjunta da referida depressão com um anticiclone localizado a sul dos Açores, prevê-se também uma descida de temperatura até quarta-feira, dia 9.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo