Famosos

Dalila Carmo expõe os bastidores da TVI e conta tudo: “cunhas”, “batota” e culto da nudez

- publicidade -

Dalila Carmo em entrevista à Caras contou tudo o que se passa nos bastidores da televisão em Portugal, depois de ser dispensada da TVI e questiona: “O que hoje em dia interessa mais na nossa profissão? O tabalho, que nos qualifica, ou as redes sociais? Ou a faixa etária?”

Dalila Carmo tem um currículo invejável, mas é pretendia em relação a outros princípios que não o talento que norteiam a “selva da indústria”: “Quero que me avaliem pelo que sou, não quero criar uma personagem consoante as modas”.

E continua: “Temos de ter cuidado com aquilo que pedimos a algumas pessoas e com a forma como o fazemos, porque nem toda a gente é igual e está disposta a abrir mãos das mesmas coisas. Tenho o direito de controlar a imagem que quero passar cá para fora. E, a partir do momento que me dizem ‘tens de tirar as cuecas’, reservo-me ao direito de recusar. Há uma parte que é ‘show business’, outra não. A forma como se está a desenvolver é pornográfica”.

A atriz falou ainda da questão da imagem se sobrepor ao talento nos dias de hoje: “Há pessoas que me entregam fotografias ou dizem que a filha quer ser atriz e pedem-me cunhas. Sinto-me um bocadinho insultada… Há muita batota no nosso meio. Há muitas pessoas que acham que para ter sucesso no audiovisual têm de ter uma cara bonita e trabalham em função disso. Nunca vão largar o espelho. Cada vez mais estamos a construir de fora para dentro e não de dentro para fora. Está tudo trocado!”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui