CrimeJustiçaLisboaPorto

Cúmplices do maior traficante português apanhados pela PJ

- publicidade -

A Polícia Judiciária (PJ), através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, e com o apoio de várias outras unidades, desencadeou esta terça-feira a “Operação Exotic Fruit III”, no âmbito do combate ao tráfico internacional de estupefacientes.

Esta operação culminou na detenção dos cúmplices de Rúben Oliveira, mais conhecido por “Xuxas”, e considerado o maior traficante de droga português, que havia sido capturado em Junho.

A PJ realizou então 55 buscas domiciliárias e não domiciliárias na região da grande Lisboa e na área metropolitana do Porto e foram detidos oito homens e uma mulher, com idades entre 25 e 66 anos, todos portugueses.

Esta operação surge na sequência das anteriores operações “Exotic Fruit I e II“ e visa o desmantelamento de um grupo organizado que se dedicava ao tráfico de estupefacientes.

O processo é titulado pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal e, no decurso de operações, foram apreendidas “viaturas de alta gama, dinheiro, uma arma de fogo e elementos documentais indiciários de actividade ilícita em investigação”, segundo nota da PJ a que o Diário do Distrito teve acesso.

Os detidos vão agora ser presentes às autoridades judiciárias competentes.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *