Famosos

Cristina diz que precisava de dinheiro e do “orçamento da SIC e da RTP para fazer aquilo que queria” na TVI

- publicidade -

Cristina Ferreira deu uma entrevista ao “Expresso” onde falou da estreia do programa “Cristina ComVida” e da liderança da TVI.

Os jornalistas questionaram a artista se o canal tem neste momento a programação que sonhou: “A TVI tem a grelha ideal para irmos sonhando com os objetivos que temos para cumprir”, explica. “Porque precisava do orçamento da SIC e da RTP para fazer aqui- lo que queria. Estamos a falar de uma empresa privada que tem de cumprir um orçamento. A liderança é o objetivo de qualquer estação que queira ser rentável. Nós, enquanto nova Administração, queremos organizar a casa e isso nem sempre nos permite ter a grelha que idealizámos. Há zonas com programas que não são estreias, há outras nas quais gostaríamos de ter outra programação. É a grelha ideal para irmos sonhando com os objetivos que temos para cumprir”, conclui.

As semelhanças do “O programa da Cristina” e no novo formato também foram tema de conversa: em relação ap primeiro, a apresentadora diz que “era um “talk show” de três horas, com uma primeira parte mais disparatada, onde tudo podia acontecer; uma segunda com histórias de vida mais intensas; e a terceira dedicada à atualidade, o que só existirá nesta casa se acontecer alguma coisa. Este formato é mais pequeno, de uma hora, queremos que se aproxime a uma novela, a uma sitcom. Todos os dias é um capítulo, as personagens são as mesmas. Quero que as pessoas esperem pelo dia seguinte para ver o que acontece naquela casa. Depois, isto não é um estúdio de televisão, é mesmo uma casa. Este programa pode terminar e termos aqui uma novela ou uma série”, antecipa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui