Parceiros
DestaqueJustiçaPaís

CRIME – Unidade de Cibercrime faz duas detenções

Foram detidos dois indivíduos de origem paquistanesa por crimes de burla informática. Terão angariado cerca de 45 mil euros com a atividade.

A Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), departamento da Polícia Judiciária que se dedica à investigação criminal relacionada com tecnologia e/ou internet, localizou e deteve dois suspeitos da prática de pelo menos 45 crimes entre burla informática qualificada, associação criminosa, furto e abuso de confiança.

O esquema, que se suspeita durar desde 2017, passava por adquirir produtos no comércio online, como televisões, telemóveis ou perfumes, com dados de cartões de crédito internacionais adquiridos através de fraude. Os artigos eram posteriormente vendidos a preços inferior ao de mercado, gerando assim receita para os infratores.

Através da colaboração da UNICRE e da SIBS, e também das empresas de comércio online, foi possível identificar os alegados autores dos crimes, com idades compreendidas entre os 30 e os 34 anos, suspeitos de terem causado danos num valor superior a 45 mil euros.

Depois de primeiro interrogatório judicial, foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva a um dos arguidos, enquanto que o restante, ficou em liberdade com obrigação de apresentações periódicas.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.