Criança de 12 anos detida por ataques racistas contra jogador de futebol

Nas imagens publicadas, podem ver-se ainda mensagens com várias referências ao movimento supremacista norte-americano Ku Klux Klan.

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

“É melhor para ti que não marques, seu imbecil preto, ou irei, à tua casa, vestido como um fantasma”. Foi esta a mensagem que uma criança de 12 anos deixou nas redes sociais de Wilfried Zaha, jogador do Crystal Palace, de Inglaterra.

“Fomos alertados a propósito de uma série de mensagens racistas enviadas hoje a um futebolista e depois de as analisarmos e validarmos, detivemos um rapaz de 12 anos”, comunicou a policia de West Midlands, após o jogador ter denunciado os comentários através de uma publicação no seu Twitter pessoal. Nas imagens publicadas, podem ver-se ainda mensagens com várias referências ao movimento supremacista norte-americano Ku Klux Klan.

O jovem é adepto do Aston Villa e as mensagens surgiram antes do jogo da sua equipa frente ao Crystal Palace no domingo, numa tentativa de condicionar a exibição de Wilfried Zaha.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome