coronavírusDestaque

Covid19: Portugal ultrapassou os 200.000 casos confirmados, 101.685 na região norte

publicidade

Nas últimas 24 horas Portugal registou mais 69 mortes, elevando para um total de 3.250 óbitos, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral de Saúde (DGS) de hoje.

Há neste momento 204. 664 casos confirmados (+6.653), desde o início da pandemia, e um total de 84.032 casos ativos (+2.891), estando 90.425 contactos em vigilância, (+750).

O país regista agora 117.382 (+3.693) pessoas recuperadas, estando 2.799 pessoas em internamento (+5) e 388 em cuidados intensivos (+5).

Nas últimas 24 horas a região Norte voltou a registar o maior aumento de casos confirmados, agora com 101.685 (+4.061), e 1.491 (+32) óbitos, Lisboa e Vale do Tejo regista agora 75.014 (+1.233) e 1.233 (+27) óbitos, o Centro regista 19.134 (+626) e 403 (+8) óbitos, o Alentejo 3.855 (+114) e 74 (+1) óbitos, e o Algarve 3.801 (+86) e 32 (+1) óbitos.

Nas ilhas, os Açores registam agora 561 casos confirmados (+19) e mantem 15 óbitos, e a Madeira 614 (+14), e mantém duas mortes.

Apesar de durante a semana o relatório indicar que os dados por concelho seriam disponibilizados, na sequência da reformulação dos indicadores relativos aos novos casos de COVID-19 pela Direção-Geral da Saúde, até hoje, segunda-feira, os mesmos não foram revelados.  

Na conferência de imprensa trisemanal, a ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu que o país e a Europa “está em plena segunda vaga da pandemia”, dando conta dos números de outros países.

A principal preocupação de Marta Temido foi dirigida aos óbitos e “às famílias dos que perderam entes queridos”, bem como a pressão que a pandemia está a exercer sobre o SNS.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui