AtualidadeBarreirocoronavírus

Covid19: Enfermeiros e assistentes operacionais com teste positivo no HGO

publicidade

Dez profissionais de saúde do Hospital Garcia de Orta, Almada, testaram positivo para o novo coronavírus, informou hoje a administração hospitalar, que garante ter ativado todos os procedimentos para a contenção.

«Hoje, 16 de outubro, foram detetados casos positivos para SARS-CoV-2 em 10 profissionais de saúde (oito enfermeiros e dois assistentes operacionais), do internamento do Serviço de Medicina I», referiu o hospital, em comunicado divulgado pela Lusa.

Na mesma nota, explicou que os casos foram detetados «na sequência da realização de despistes para a infeção do vírus SARS-CoV-2, após diagnóstico num doente que, por razões terapêuticas, se tinha deslocado ao exterior da unidade hospitalar e testou positivo em novo teste à SARS-CoV-2».

O hospital adiantou que o rastreio de todos os contactos com o caso original foi prontamente assegurado e frisou que «não há, até ao momento, evidência de doentes infetados» no Serviço de Medicina I e que as 25 pessoas internadas estão em vigilância e avaliação clínica de eventuais sintomas.

«No âmbito do controlo à infeção por SARS-CoV-2, o Hospital Garcia de Orta realiza testes a todos os doentes aquando do seu internamento e realização de exames clínicos e, de forma sistemática, promove regularmente rastreios aos seus profissionais de saúde.»

Neste sentido, o hospital referiu ainda que ativou todos os procedimentos necessários para garantir a prestação dos melhores cuidados de saúde à população, no respeito pelos níveis de qualidade e segurança estabelecidos, tendo informado a Autoridade de Saúde Local e a Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui