AlmadaCoimbraDesporto

Cova da Piedade perde em Coimbra nos últimos minutos

A Académica consolidou hoje a liderança da II Liga de futebol, ao vencer por 2-1 na receção ao Cova da Piedade, na 20.ª jornada.

- publicidade -

A Académica consolidou hoje a liderança da II Liga de futebol, ao vencer por 2-1 na receção ao Cova da Piedade, na 20.ª jornada, com o golo da vitória a ser novamente apontado nos ‘descontos’, de grande penalidade.

Os ‘estudantes’ marcaram primeiro, por Guima, aos 67 minutos, mas o Cova da Piedade empatou por João Vieira, aos 84 minutos, pouco depois de ter ficado em inferioridade numérica, devido à expulsão de João Meira, aos 79, antes de Fabinho estabelecer o resultado final, os 90+2, na marcação de um castigo máximo.

Numa manhã de sol em Coimbra, a primeira parte foi muito pobre em oportunidades de golo, mas rica em faltas e paragens, com a Académica a ter maior domínio de jogo, embora só em duas ocasiões pudesse ter chegado à vantagem.

Primeiro, num remate de Guima, a rasar o poste, aos 19 minutos, e depois num cruzamento de Bruno Teles, que desviou num adversário e obrigou o guarda-redes Adriano Facchini a defesa apertada, desviando a bola pela linha final.

O segundo tempo começou praticamente com uma perdida do Cova da Piedade. Aos 49 minutos, Alex Freitas, na área, falhou escandalosamente a baliza, já com o guarda-redes fora do lance, após cruzamento de Firmino.

Um minuto depois, Patrão obrigou a defesa do guarda-redes da Académica com os punhos.

Depois destes dois lances, a Académica incomodou a baliza contrária aos 52 minutos, com Traquina, na área, a rematar cruzado, por cima, com muito perigo.

O Cova da Piedade voltou a ‘assustar’ aos 60 minutos, por Zarabi, que falhou o desvio para a baliza, depois um toque de cabeça ao primeiro poste de Firmino, na sequência de um pontapé de canto.

Os ‘estudantes’ chegaram à vantagem aos 67 minutos, num grande remate de fora de área de Guima, sem deixar cair a bola, na sequência de um alívio de cabeça de um defesa da equipa adversária, também após um canto.

A ‘briosa’ poderia ter sentenciado o jogo aos 71 minutos, mas Guima falhou a baliza, depois de um cruzamento atrasado de Traquina, que se isolou pela direita do seu ataque.

O Cova da Piedade chegou à igualdade aos 84 minutos, num grande ‘tiro’ de João Vieira, na sequência de uma má reposição de bola da defesa academista, já depois de ter ficado reduzido a 10 jogadores, devido à expulsão de João Meira, por acumulação de cartões amarelos, aos 79.

À semelhança de outros jogos, a Académica chegou à vantagem já nos ‘descontos’, depois de, aos 90 minutos, Bruno Teles ter sido travado em falta na área adversária por Alex Freitas.

O árbitro João Casegas marcou grande penalidade e, na conversão, aos 90+2 minutos, Fabinho atirou rasteiro para o fundo da baliza.

- publicidade -


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo