País

Corpo encontrado esta manhã no Tejo pertence a jovem desaparecido

publicidade

O corpo que esta manhã foi encontrado no rio Tejo, junto ao Parque das Nações, em Lisboa, já foi identificado como sendo o do jovem de 24 anos que desapareceu após rixa à saída de discoteca em Lisboa há uma semana.

Filipe Reis, barbeiro, foi visto pela última vez a sair do bar Cenoura do Rio, no Parque das Nações, em Lisboa, a fugir de uma rixa nesse bar, e foi encontrado na manhã deste domingo, no rio Tejo, junto à Praça Sony, no Parque das Nações, em Lisboa.

A mulher, Thais Andrade, relatou que «por volta das 05h00 ele saiu do bar sozinho e envolveu-se numa rixa com um grupo de pessoas que não conhecia. A seguir, Filipe, que estava ferido, foi visto a fugir do local».

Desde então que era procurado por amigos da zona onde residia, em Sacavém, Loures, através das redes sociais.

A Polícia Judiciária investiga, mas não há para já certezas sobre as circunstâncias da morte, que poderão ser esclarecidas pela autópsia.

Segundo fontes policiais, o corpo do jovem foi encontrado com diversas lesões e foi transportado para o Instituto Nacional de Medicina Legal para realização de autópsia.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui