Construção de Postos de Abastecimento na mira do MIM

Construção de dois postos de abastecimento em Pinhal Novo preocupam eleitos do MIM

0
884
Foto Ilustrativa
Tempo de Leitura: 1 minuto

O ministério da Economia e da Economia em conjunto co a Direção Geral e Energia autorizaram para a vila de Pinhal Novo, dois postos de abastecimento para o lado sul daquela vila.

O da BP já iniciou obra nas antigas instalações da Serapa e uma outra empresa de combustíveis (PRIO) ainda aguarda uma alteração ao projeto inicial e que foi apresentado a quando do pedido de autorização para se instalar nos antigos terrenos da fábrica de mármores na entrada da vila.

Os eleitos do MIM levaram o assunto a reunião de executivo, defendendo que os postos de abastecimento estão autorizados em terreno aprovados em H3, terrenos esses que serviriam para construir fogos habitacionais e não instalar empresas como o que está a ser feito.

José Calado, vereador do MIM, adiantou ao Diário do Distrito que o assunto irá voltar mais vezes a reuniões públicas e defende que a autarquia não deveria ter dado parecer positivo para a construção dos postos de abastecimento naqueles dois locais.

A Serapa foi uma empresa instalada em Pinhal Novo no finais dos anos 70 princípios dos anos 80 e que deu trabalho a muitos pinhalnovenses na altura, a empresa acabava por fechar em meados de 80, deixando para trás e ao abandono as suas instalações que serviram para instalar temporariamente a Makro na altura do incêndio nas instalações em Vila Amélia, Quinta do Anjo.

A partir da saída temporária da empresa de revenda alimentar, as instalações ficaram ainda mais ao abandono, havendo vários projeto que não foram autorizados devido a questões ambientais, como os sapais ali existentes. Atualmente a BP está a construir um posto de abastecimento que vai servir todos os automobilistas que cruzem a EN252.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome