País

Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados contra Fidelidade por Procuradoria Ilícita

publicidade

Vários clientes da Seguradora Fidelidade começaram a receber nos respectivos endereços de correio electrónico publicidade institucional que refere expressamente a oferta, por parte da Seguradora de um “Serviço Informativo e de esclarecimento jurídico” .

A situação veio a ser reportada ao Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, presidido por João Massano, que em declarações ao Diário do Distrito referiu o seguinte: “Estamos perante uma situação inadmissível, não é admissível que este tipo de serviços seja prestado por uma companhia de Seguros tão importante e reputada como é a Fidelidade, que deveria ter mais cuidado neste tipo de actos.” Referiu ainda que: “Não se recordo de uma acção tão massiva quanto esta, com um alcance tão generalizado e trata-se de um ataque à classe da Advocacia feito de forma ilegal.”

Neste momento são aguardados esclarecimentos por parte da Seguradora.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui