Atualidade

Conselho de Ministros anuncia contratação de 2.995 trabalhadores para o SNS

publicidade

O Conselho de Ministros aprovou hoje, 1 de Outubro, o decreto-lei que estabelece um regime excecional para integrar 2.995 trabalhadores no Serviço Nacional de Saúde, distribuídos por vários grupos profissionais (enfermeiros, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, assistentes técnicos e operacionais), sem prejuízo de contratações de profissionais de saúde, ao abrigo de procedimentos concursais específicos.

«Esta medida visa promover a estabilidade no emprego em linha com o Programa do Governo e com o Programa de Estabilização Económica e Social, destinando-se a colmatar as necessidades de prestação direta de cuidados e de prestação de serviços de suporte, permitindo fixar no SNS profissionais de saúde através da conversão de contratos a termo resolutivo celebrados ao abrigo do regime excecional de contratação, aprovado no âmbito da pandemia Covid-19» refere o comunicado.

Com esta medida o Governo pretende que as entidades do SNS reforcem o mapa de pessoal, uma vez fundamentada a necessidade permanente da contratação dos trabalhadores.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui