Atualidade

Comissão Nacional de Eleições crítica “falta de organização” no voto antecipado

- publicidade -

O dia de ontem foi para muitos portugueses dedicado ao voto antecipado, mas o resultado revelou “falta de organização” com filas longas para os edifícios e pela falta de criação de várias filas por mesa de voto.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) constatou o facto e transmitiu o mesmo a um representante do Ministério da Administração Interna, numa reunião de duas horas na manhã de ontem, avançou o porta-voz da CNE, João Tiago Machado, ao JN.

“O Ministério da Administração estava concertado com as câmaras, mas é muito difícil resolver problemas em cima do joelho”. Para o porta-vos, o cenário ideal seria “partir uma fila única para entrar nos espaços em várias filas, cada uma para uma mesa de voto”. João Tiago Machado considera que “não é uma questão de capacidade instalada, mas de organização”.

Relativamente à votação no dia 24 de janeiro,  João Tiago Machado acredita que tudo fluirá bem, uma vez que “nas eleições antecipadas, a taxa de participação é muito alta, as pessoas inscrevem-se porque querem mesmo votar”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui