AtualidadePaísReligião

Comissão cria linha aberta para denúncias de abuso sexual pela Igreja Católica

A Comissão Independente para o Estudo de Abusos Sexuais contra as Crianças na Igreja Católica em Portugal apela a que todas as vítimas denunciem os crimes cometidos pela Igreja Católica ou que tivessem sido testemunhas de abuso sexual no seio da Igreja Católica Portuguesa.


O critério da denúncia é que a violação ou abuso tenha acontecido enquanto menor, no período de 1950 até ao presente ano.



Para isso, foram criadas linhas abertas através de um contacto telefónico (917 110 000) e e-mail (geral@darvozaosilencio.org), de forma a facilitar estas denúncias.


O organismo assegura o sigilo e a responsabilidade. “Dê o seu testemunho. Faça-o com total garantia do nosso sigilo profissional e do seu anonimato”, refere a Comissão.


Também foi criada uma página online para que toda a informação esteja disponibilizada e clara para todos.


Segundo a Agência Ecclesia, é possível responder a um inquérito online e “agendar um encontro presencial com membros da comissão, mediante marcação prévia por contacto telefónico”.


A recolha de testemunhos decorrerá até ao final de 2022.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.