AtualidadeSetúbalSociedade

Comenda: o fecho e as estruturas que já não existem

- publicidade -

A polémica em torno do Parque de Merendas da Comenda contínua, e todos os dias há atualizações!

Depois de termos noticiado o fecho do parque, e a manifestação do próximo domingo, podemos agora avançar que algumas das estruturas que a Autarquia ali colocou para usufruto da população foram já demolidas: já não há mesas, cadeiras ou fogareiros… o que estava ai construído, nem estulho, nem sinal!

Recorde-se que estas, foram algumas das estruturas que a Câmara Municipal de Setúbal colocou naquele espaço de lazer em 2019. Incluído no investimento de 130 mil euros da autarquia, estavam também uma renovada casa de banho e um parque infantil.

No início da semana, o Diário do Distrito noticiou que o Parque da Comenda tinha sido fechado pelos proprietários da Herdade, com portões e vedações, e que ali irá nascer o Arqueosítio da Comenda. Ontem fizémos também referência à concentração que a população está a organizar junto do Parque, de modo a tentar reivindicar um espaço de lazer, que consideram pertencer à cidade e aos setubalenses.

Ao longo da semana, têm sido várias as intervenções políticas sobre o assunto, entre elas, as primeiras palavras do agora presidente da Autarquia de Setúbal, André Martins, que se manifesta solidário com a população, e afirma “acompanhar e defender a situação”.

Entretanto, e segundo informações que circulam nas redes sociais, parece que Maria das Dores Meira, ainda edil de Setúbal, está de costas voltadas com o socialista João Costa, secretário de Estado Adjunto da Educação. Em causa estarão palavras que a autarca considera “indignas de quem ocupa um cargo governamental”, palavras essas que estarão relacionadas com uma publicação sobre o Parque de Merendas da Comenda.

Apenas rematar, lembrando que para o próximo domingo dia 3 de outubro, está prevista uma concentração a partir das 16 horas no parque, ou onde os cidadãos consideram “ser possível”. A ideia é criar um “movimento de luta” em prol da defesa e recuperação do Parque de Merendas acessível a todos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo