Parceiros
AtualidadeBarreiroDestaque

Comandante-piloto que morreu em queda de avião era natural do Barreiro e esteve na BA6

André Rafael Serra, de 30 anos, natural do Barreiro, é o comandante-piloto que morreu na sequência da queda do avião anfíbio Fire Bosse, no combate ao incêndio em Urra, Torre de Moncorvo.

O piloto tinha 12 anos de experiência de pilotagem deste tipo de aviões, em contexto de formação e de ação, e integrou a Força Aérea Portuguesa em 2009, sendo considerado um piloto experiente. e pertenceu à Esquadra 502 – Elefantes, sediada na Base Aérea N.º 6 no Montijo.


O acidente ocorreu cerca das 20h00 quando André Rafael Serra foi abastecer o avião ao rio Douro em Castelo Melhor, Vila Nova de Foz Côa.

Ao levantar, com a nave atestada, terá embatido no primeiro socalco de uma vinha na quinta do Crasto, e embateu noutros dois socalcos antes de cair junto à Estrada Nacional 222.

A aeronave incendiou-se e o corpo do piloto foi encontrado carbonizado, mas só a autópsia vai desvendar a causa da morte.

André Rafael Serra estudou na Escola Alfredo da Silva, no Barreiro, era casado e residia em Lisboa, deixa uma filha de 5 anos de idade. Era também praticante de Trail Running.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.