Famosos

Cláudio Ramos diz que foi “atacado” por ser gay e “usado por humoristas de forma humilhante”

- publicidade -

Cláudio Ramos falou sobre a sua sexualidade na crónica da revista “TV Mais” e falou sobre o que passou quando se assumiu: “Fui muito atacado. Atacado por gays, atacado por heterossexuais, atacado por associações que achavam que deviam ter um voto na matéria, atacado por gente que achava que o meu tempo fosse o meu, e atacado por miúdos e homens que usavam a sua ignorante masculinidade para me tentar diminuir”.

Relatando que: “Há gente muito ignorante, há gente muito má e há gente criminosa que deve seguramente pelo que faz, quando voluntária ou involutariamente obriga alguém a viver com medo”,

Rematou: “No meu caso, já trabalhando em televisão, fui usado por humoristas de forma humilhante, fui apontado por críticos e cronistas como se a minha condição sexual fosse mais importante do que o meu trabalho, fui colocado de parte e fui resistindo…”.

O texto tem como objetivo: “Para que se o estiveres a ler e te sentires identificado entendas que tu és mais forte do que a maldade criminosa dos outros” e para “aqueles que o estão a ler e reviraram os olhos com pensamentos de “mais um maricas a dar palpites” perceberem que o que fazem é crime”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *