Atualidade

Cirurgias adiadas nos hospitais, mesmo as prioritárias. Ministra da Saúde emite despacho

- publicidade -

A ministra da Saúde emitiu ontem, durante a tarde, para adiar as cirurgias programadas, mesmo as prioritárias, para que todos os esforços se concentrem nos Cuidados Intensivos, nomeadamente nos doentes críticos da pandemia.

“Os estabelecimentos hospitalares do SNS devem proceder ao diferimento de atividade cirúrgica programada de prioridade normal ou prioritária”, diz o despacho enviado por Marta Temido aos hospitais e publicado pelo Expresso.

O despacho diz ainda que os hospitais devem “promover a alocação de meios humanos para a Medicina Intensiva, de modo a maximizar a capacidade de resposta nesta área (Covid), em conformidade com a suspensão e diferimento de atividade assistencial efetuada”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui