Parceiros
País

Chuva dispersa pode evaporar antes de chegar ao solo devido às altas temperaturas

Os próximos dias, desta semana, vão ser marcados por calor intenso, com alguma precipitação, no norte e centro do território português, que irá ter temperaturas que podem chegar acima dos 45 graus celsius. As pequenas precipitações, que podem ocorrer nos próximos dias, não vão molhar o chão, pois a água vai evaporar enquanto estiver no ar.

Segundo avança Patrícia Gomes, meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a partir desta terça-feira as temperaturas vão registar números acima dos 45 graus nas regiões do Vale do Tejo e no Alentejo, dizendo que, apesar do calor extremo, as altas temperaturas vão ter uma duração reduzida de “três ou quatro dias”.


A meteorologista  ainda revelou que as temperaturas previstas para o litoral não são de parâmetros normais, e que o vento terá pouca incidência e intensidade nas mesmas zonas costeiras.  

No norte e interior do país espera-se aguaceiros ligeiros junto com trovoada, nesta segunda e terça-feira, que vão ser dois dias de “instabilidade atmosférica”. A água proveniente das chuvas não irá chegar ao chão, pois o calor em conjunto com as rajadas de vento vão fazer com que a chuva evapore ainda no ar.

O IPMA adianta que terça-feira o país vai estar na sua totalidade em alerta laranja, sendo que alguns distritos podem chegar a anunciar alerta vermelho, devido à grande onda de calor e aos riscos elevados de incêndios.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.