AtualidadecoronavírusInternacional

China confina 1,5 milhões de pessoas devido a novo surto

- publicidade -

A ameaça de uma segunda vaga de COVID-19 está a preocupar a China. Deste modo, o país colocou 1,5 milhões de pessoas em confinamento numa zona perto da capital (Pequim), que foi atingida por um novo surto nas últimas semanas. Em 15 dias foram detetados 300 casos, o que aumentou o receio de uma nova onda.

Todas as escolas e espaços públicos foram encerrados, iniciando-se assim mais uma vasta campanha de testes à população daquela região. As autoridades pediram aos cidadãos para se deslocarem apenas para o essencial, como comprar comida ou medicamentos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui