Atualidade

CHBM adquiriu aparelho oftalmológico para vários tratamentos

- publicidade -

O aparelho oftalmológico Laser Yag é o mais recente equipamento adquirido ao abrigo do Programa Operacional Lisboa2020 pelo Centro Hospitalar Barreiro-Montijo.

Com um investimento de cerca de 23 mil euros, este equipamento substitui um tecnologicamente desatualizado, garantido a prestação de cuidados mais diferenciados aos utentes do Serviço de Oftalmologia. 

Através de um procedimento rápido e eficaz, o Laser Yag está indicado principalmente nos seguintes tratamentos: capsulotomia anterior; capsulotomia posterior após cirurgia da catarata; iridotomia, e serve também de apoio à realização de outras intervenções terapêuticas e diagnósticas, permitindo a visualização do fundo ocular após a capsulotomia posterior em doentes operados às cataratas.

O equipamento foi adquirido no âmbito da candidatura “Modernizar para Melhor Cuidar II”, que em janeiro de 2019 autorizou a compra de um novo acelerador linear para o Serviço de Radioterapia.

Segundo um comunicado da Administração do CHBM «tendo-se apurado uma poupança na aquisição deste equipamento, na ordem dos 450 mil euros, foi ainda autorizada a compra de mais 20 equipamentos: uma central de monitorização para o Serviço de Cardiologia; um intensificador de imagem e quatro eletrobisturis com extratores de fumos para o Bloco Operatório; três histeroscópios para o Serviço de Ginecologia; três cistoscópios para o Serviço de Urologia; um videocolonoscópio, um videogastroscópio e três monitores de visualização de imagem endoscópica para a Unidade de Técnicas Endoscópicas; um sistema de patologia digital e um montador automático de lâminas para o Serviço de Anatomia Patológica; para além deste equipamento adquirido para o Serviço de Oftalmologia.»

O CHBM concluiu com sucesso as duas candidaturas submetidas anteriormente ao Programa Lisboa2020, e em 2017 adquiriu 18 equipamentos, mais dois do que os previstos inicialmente, para os serviços de Anatomia Patológica, Bloco Operatório, Cardiologia, Oftalmologia, Gastrenterologia, Imagiologia, Pneumologia e Unidade de Cuidados Intensivos, num montante de 790 mil euros.

Já em 2018 comprou 2 novos equipamentos para os serviços de Imagiologia e Ginecologia, o que representou um investimento de 149 mil euros.

Lisboa2020 é um programa operacional da União Europeia através do qual é possível adquirir novos equipamentos e substituir outros já existentes, em determinadas áreas definidas, com o objetivo de melhorar a qualidade dos cuidados prestados aos utentes, bem como as condições de trabalho dos profissionais de saúde.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo